Devaneios e blábláblá


A dolorosa profecia da tragédia

Aproxima-se o momento de mais uma Copa do Mundo. Após a alegria do penta todos já se imaginam comemorando o hexa. O Brasil definitivamente é o país que tem o melhor futebol e pode abrir uma vantagem que demorará décadas, no cenário mais pessimista, para ser alcançada por alguma seleção (matematicamente ao menos 12 anos). Entretanto, o tão óbvio título parece tão, mas tão provável, que tenho certeza que não virá. Assim foi com o Brasil de 50, com a Hungria de 54, com a Holanda de 74 e de 78, com o Brasil de 82, entre outros favoritíssimos que posso aqui esquecer. O desenho desta Copa do Mundo é tão perfeito para nós que a primeira fase pode ser considerada um treinamento de luxo para a fase mata-mata. Afinal, o dream team brasileiro não deve temer Croácia, Austrália e Japão. Mas o contraponto da moleza da primeira fase é a desclassificação nas oitavas-de-final, provavelmente para a Itália que deve se classificar em segundo no grupo da República Tcheca, de Barro e Nedved. Ou alguém ousa ter certeza que o Brasil, vindo de ritmo de treino, não poderá tropeçar na Itália, que terá enfrentado um grupo duríssimo com três jogos de vida ou morte. Além disso, a Itália de Buffon, Nesta, Maldini, Totti, Gilardino, Doni, Pirlo, entre outras feras, é um belo time.

 

Desculpem o pessimismo, mas se não nos cuidarmos pode se repetir a tragédia do Sabiá e novamente, por obra do destino, contra os italianos, como 24 anos atrás.

 



Escrito por EAOS às 23h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




Em Tese a Realidade

Em tese a tese

Que hora lese

Agora cura

Por ser leve

 

Na abrupta ruptura

Do tempo que urge

Do vácuo que perdura

Mas repentinamente surge

A idéia genial

Que ao fim é bestial

 

Na procura do diferente

O pensamento à frente

Te leva adiante

Te torna radiante

Mas retorna em um repente

Ao óbvio ululante

 

Aquilo que foi a descoberta

De um mundo fascinante

Hoje é mais um alerta

Cantado em alto-falante

De acabar na hora certa

E ir avante

 

O sonho dura pouco

A realidade se impõe

O sonho vem do sono

À realidade nade se opõe

 

 



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 22h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




Cidade Baixa

Filme nacional com aspectos positivos, como filmagem, atuação dos atores principais e mostrar aspectos sociais relevantes da Bahia e formas de convívio e normas de conduta entre amigos. Fica devendo apenas o enredo do filme, que é bastante limitado.



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 23h38
[   ] [ envie esta mensagem ]




Mostra BR de cinema

Infelizmente neste ano não estou podendo desfrutar como gostaria da amostra de cinema. Só consegui ir a um filme marroquino " A grande viagem" que dá um pouco da dimensão do que é o islamismo e do tamanho da importância de Meca para os mais religiosos. O filme trata ainda do choque de gerações e das diferenças culturais entre a educação e os princípios de um pai e seu filho. 

Gostaria muito de estar aproveitando mais os bons filmes que ficam disponibilizados por um curto espaço de tempo no país. 



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 19h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




Show Toquinho

Tive o prazer de desfrutar, no antigo Palace, de um show musical agradabilíssimo: Toquinho (40 anos de carreira). A desenvoltura dele com a platéia, sua simpatia e principalmente sua facilidade em tocar suavemente o violão dão gosto. Além disto, o repertório musical, suas histórias e seus parceiros são os avais de que Toquinho está entre os grandes da MPB. Só para complementar, o show saiu por 15 reais com desconto de estudante, menos do que se gastaria no passeio tradicional da juventude atual: ir ao cinema assistir filmes de qualidade duvidosa e comer um pacotão de pipoca e 1 litro de coca-cola. AInda há muito programa cultural bom para se fazer em São Paulo, basta querer.  



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 19h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




A hora dos importados

Uma conjunção de fatores não vista no passado recente deve continuar a trazer condições muito favoráveis para o consumo de produtos importados. O fluxo de divisas advindas de um saldo comercial espetacular e de um fluxo financeiro para investimentos seja na produção , seja em ativos financeiros, além das captações de empresas a taxas cada vez mais favoráveis no mercado externo, devem favorecer a manutenção de uma taxa de câmbio apreciada. O resultado disto é que as viagens para o exterior, quase inviáveis financeiramente há três anos, devem voltar a fazer parte do universo de escolha dos brasileiros. Além das viagens, produtos importados, desde eletrônicos até automóveis voltam a ser competitivos com os produtos domésticos. Chegou a hora de voltar a consumir os importados e aproveitar esta conjuntura que sustenta a taxa de câmbio neste patamar.  



Categoria: Economia
Escrito por EAOS às 18h53
[   ] [ envie esta mensagem ]




Freakonomics

Um livro escrito por um brilhante economista de Chicago, ganhador há alguns anos de prêmio de economista mais brilhante dos EUA com menos de 40 anos concedido a cada dois anos no país. O livro mostra como a estrutura de pensamento de um economista, sempre em busca da racionalidade e de modelar a racionalidade, ou a ausência dela, pode ajudar a interpretar os fenômenos sociais mais banais e corriqueiros. O livro mostra que economista não é feito só para falar sobre taxa de juros, importação, exportação,..., mas sim para pensar em como os agentes se comportam e criar mecanimos de controle e de incentivo apra um melhor funcionamento da sociedade como um todo.

Vale muito a leitura, principalmente para não economistas. Este livro se tornou um best seller nos EUA. 



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 19h23
[   ] [ envie esta mensagem ]




A hora da verdade

Com todas as trapalhadas do esquema da arbitragem está chegando ao fim o Brasileirão. Para coroar um campeonato marcado pela sujeira e pelo amadorismo de nosso futebol, nada mais justo que times como: o Vasco da Gama de Eurico, o Falmengo de Márcio Braga e o Brasiliense de Luís Estevão  cairem para segundona. Seria um bem para o futebol brasileiro e uma chance para estes times se reestruturarem e voltarem a honrar suas tradições. Melhor que isto só se a lavanderia corinthiana perdesse o título, mas isto infelizmente está cada vez menos provável.



Categoria: Esportes
Escrito por EAOS às 19h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




Equilíbrio Instável

O cenário eleitoral para 2006 começa a se desenhar. As duas principais forças, PSDB e PT, parecem bem posicionadas na largada da disputa. Lula e José Serra são as candidaturas naturais dos dois partidos (Alckmin corre por fora na disputa interna do PSDB). Lula e Serra podem entrar na disputa com intenções de voto ao redor de 35%, o que lhes garantiria o segundo turno. Este seria o cenário ideal para ambos os partidos. O que pode alterar este equilíbrio? Qualquer maior distanciamento entre os dois candidatos que sinalize difícil reversão no segundo turno pode levar o "provável derrotado" a partir para o ataque de forma mais contundente. Acusações, provas, e potencial de agressão não faltam para ambos os lados. Neste cenário é que pode-se abrir espaçõ para uma candidatura alternativa, como esboçou-se com Roseana e com Ciro Gomes em 2002. Garotinho e Heloisa Helena querem se candidatar a azarões. O mais provável é a manutenção de uma disputa leal entre PSDB e PT no primeiro turno e no segundo turno, aí sim, um pega para capara sem precedentes. Existe um cenário de equilíbrio que favorece esta estratégia conjunta de PSDB e PT, mas o equilíbrio e instável e pode-se chegar a uma realidade parecida com o que em Teoria dos Jogos se convencionou chamar de Dilema do Prisioneiro, onde ao cada partido desenhar sua estratégia de forma não cooperativa, pensando em ter o máximo retorno de suas ações, ambos saem perdendo com a degladiação mútua e abre-se espaço para a surpresa. 



Categoria: Política
Escrito por EAOS às 19h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




O tiro que saiu pela culatra

O referendo sobre o desarmamento foi um tiro no próprio pé ou um tiro que saiu pela culatra. Uma não discussão que foi levantada e consumiu algumas centenas de milhões de reais, enquanto outras tantas questões relevantes passam à margem das discussões políticas. De certo alguns votaram no não por conta de achar que este referendo era um anseio do governo. Outros votaram no não pela sensação de que assim manteriam sua liberdade de escolha. Independente dos motivos que levaram à vitória do não, há implícito um claro recado de que as medidas de segurança pública devem ser objeto de maior atenção governamental e que referendos devem ser tratados para questões mais relevantes. Por que não se faz um referendo sobre a reforma política ou então sobre a reeleição, ou então sobre o número de cargos comissionados no setor público.

Pelo sim ou pelo não, a população deu seu recado, talvez nem tanto pelo mérito das opções, mas sim como resposta ao NÃO problema que se levou à discussão. Só para elucidar, são vendidas atualmente menos de 4 mil armas legais no país por ano excluindo-se as armas vendidas às forças armadas e a empresas de segurança particular. Pessoas que antes nunca pensaram em ter uma arma, talvez possam começar a levar isto em consideração com a sinalização de que o governo nãovê mais em suas ações de segurança pública eficácia suficiente para conter a onde de violência e de insegurança no país. É o tiro que saiu pela culatra.  

  



Categoria: Política
Escrito por EAOS às 19h00
[   ] [ envie esta mensagem ]




Desarmamento?

Sou, como princípio de vida, a favor das liberdades individuais em todos os aspectos. Acho legítima a vontade de uma pessoa usar drogas, de comprar armas, de beber uma cerveja, de fumar um cigarro, ou qualquer outra coisa. A restrição da lei pode limitar, mas não impede e nem soluciona o problema da violência e das mortes por homicídio no país. Até porque atualmente para se ter uma arma legalizada já não é nada fácil, com a necessidade de se tirar porte de arma, etc... A discussão sobre quantas vidas são perdidas de forma fútil por conta de arma de fogo não é suficiente para se concluir que o impedimento da comercialização de armas vai evitar a continuidade de ocorrência destas mortes, seja por armas de fogo ilegais, seja por uso de outras armas (faca, canivete, etc). A discussão reducionista é patética e fazer uma votação para um tema destes chega a ser ridículo. Por que não fazem um referendo para ver se o povo aprova a proibição de deputado que renuncia ao mandato não ser elegível por oito anos, ou se o povo aprova que candidato que mude de partido perca seu direito de concorrer a cargos públicos por quatro anos, ou se aprova a redução das verbas de gabinete ou dos auxílios moradia ,etc....

É o fim. Mas enfim, libere as armas, produza no Brasil as armas, venda as armas, licencie as armas e cobre imposto sobre as armas.  



Escrito por EAOS às 21h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




De tanto bater meu coração parou

Filme francês, mas com ritmo de filme normal. Apesar de não ter um roteiro com começo, meio e fim, tem seus méritos. Mostra como abdicar de alguns gostos que parecem prazeres de criança e da juventude, pode ser um grande erros na vida de uma pessoa. Dá a dimensão de como a influência de pai e mãe é relevante nas escolhas dos caminhos a seguir e como a vida pode ser prazerosa, ao menos temporariamente. A atuação do ator principal, que também trabalhou em "Albergue espanhol", também é digna de elogio.

  



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 21h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




Mensalão e eleição

Parece que a crise política está se amenizando. Se para a economia do país isto é um sinal positivo no curto prazo, para o país é triste que se tenha a perspectiva de que o cheiro de pizza está cada vez mais forte. José Dirceu não deve escapar, mas não me surpreenderia se a cassação ficasse restrita a 4 ou 5 deputados. A vitória de Aldo Rebelo deixa o governo refém e mostra sua pouca disposição a apurar e estirpar o câncer da corrupção de seu núcleo. Das duas uma, 1 -se o governo der sustentação à pizza terá os custos de explicá-lo mais adiante no processo eleitoral, 2 - se o governo não cumprir a promessa, que parece ter sido feita, de brigar para livrar alguns, então mais uma vez não terá base de sustentação para aprovar nada no próximo ano de governo. Será então ou um governo paralizado, ou um governo leniente com as mais repugnantes práticas de corrupção. Cada vez mais vejo Lula com menos possibilidade de se eleger em 2006, apesar do estoque mínimo de votos de 25% que ele parece ter.

O tempo e a população dirão quem tem a estratégia mais correta.    



Categoria: Política
Escrito por EAOS às 19h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




Famiglia Mancini

Nunca tinha tido o prazer de ir ao restaurante Famiglia Mancini, fui no último fim de semana. Apesar da fila enorme, que normalmente acompanha os bons locais e eventos, valeu muito ter esperado. Come-se bem demais, com um serviço que é muito bom, sem ser demasiadamente apressado (atualmente os restaurantes confundem bom atendimento com pressa). Todo o ambiente concorre para se ter uma bela noite gastronômica. Ainda mais acompanhado de um bom vinho e da Teresa. è claro que o ponto alto é a massa e principalmente o molho e seu tempero. Delícia.  



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 19h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




Quase dois irmãos

O filme retrata a realidade de Bangú 1 ainda no Regime Militar e mostra como o convívio entre presos políticos e presos ligados ao tráfico de drogas se deu num primeiro momento. Mostra a diferença de métodos e a sobreposição dos métodos mais cruéis dos traficantes como fim. Mostra um pouco da realidade do surgimento do Comando Vermelho e dá um pouco a dimensão de como ocorrem as brigas pelo comando do tráfico no morro. Vale como filme que tenta retratar a realidade do tráfico e como relato histórico da criação do Comando Vermelho. Infelizmente isto é importante para compreendermos um pouco melhor a realidade social brasileira. 



Categoria: Entretenimento e Gastronomia
Escrito por EAOS às 19h27
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 
Histórico
  25/12/2005 a 31/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  06/11/2005 a 12/11/2005
  23/10/2005 a 29/10/2005
  02/10/2005 a 08/10/2005
  25/09/2005 a 01/10/2005
  11/09/2005 a 17/09/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  10/07/2005 a 16/07/2005


Categorias
  Todas as Categiorias
  Esportes
  Política
  Economia
  Entretenimento e Gastronomia
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Estadão
  Blog do Guilherme Ramalho
  Blog do Guilherme Ramalho II
  Blog do Donnini
  IPEA
  Blog do Bruno Varalli (Fumê)
Votação
  Dê uma nota para meu blog